ATM / Articulação Têmporo Mandibular

O que é ATM?

ATM é a abreviatura de “Articulação Têmporo Mandibular”. Essa articulação situa-se logo à frente do ouvido e é responsável, em conjunto com os músculos mastigatórios e ligamentos, por todos os movimentos da mandíbula.

Este complexo (ATM), muitas vezes apresenta disfunções que podem causar cefaléia, estalos, dores cervicais, otalgias (dores de ouvido) e nevralgias orofaciais, que muitas vezes são confundidas com dor de dente.

Toda e qualquer doença, necessita de mais de um fator para sua ocorrência. No caso da disfunção da ATM, o fator principal é o relacionamento inadequado entre os dentes da maxila e mandíbula, sendo o estresse, os hábitos parafuncionais (ex. roer unhas) e algumas doenças sistêmicas ou hormonais capazes de contribuir, modificar ou perpetuar o seu aparecimento.

Por que a Disfunção da ATM (DTM) pode causar dores de cabeça?

As dores de cabeça provenientes das disfunções da ATM, em geral, não são propriamente da cabeça e sim dos músculos que envolvem a cabeça. Posições posturais viciosas, relacionamento dental inadequado, apertamento e/ou ranger de dentes, associados ao estresse, normalmente culminam em quadros crônicos de dores nos músculos da face, cabeça e pescoço.

A DTM pode causar dores de ouvido?

A proximidade entre a ATM e o ouvido pode ocasionalmente confundir o paciente sobre o local de origem da dor. Como diagnóstico diferencial, as disfunções da ATM não manifestam febre, não eliminam secreção e não são acompanhadas de infecções das vias aéreas superiores.

Existe relação entre os dentes e a ATM?

Sim. A correta relação dos dentes (oclusão) é responsável pelo posicionamento dos côndilos (cabeça da mandíbula) dentro da articulação. A oclusão dos dentes mais para frente, para trás ou para os lados, pode trazer consequências danosas para a ATM e os músculos da mastigação. O ideal é que a oclusão mantenha os côndilos bem posicionados na articulação e os músculos responsáveis em equilíbrio.

Qual o tratamento indicado nos casos de disfunção da ATM?

Promover um bom relacionamento dos dentes, músculos e articulação através de placas de relaxamento (noturna), ajuste ou substituição de próteses mal adaptadas, colocação de dentes perdidos através de implantes dentários, aparelhos ortodônticos fixos ou removíveis, ou uma simples orientação sobre hábitos posturais viciosos.

Toxina Botulínica no tratamento das Disfunções Têmporo Mandibulares

A toxina botulínica está sendo utilizada na odontologia com fins terapêuticos, como coadjuvante no tratamento das disfunções da ATM, em casos de bruxismo e até mesmo de enxaqueca crônica.

Quando injetada nos músculos, a toxina botulínica bloqueia a liberação da acetilcolina, uma substância neuro-transmissora responsável por promover a contração muscular. Uma vez paralisado o músculo, ocorre seu relaxamento e consequentemente a diminuição da dor.

Agende sua consulta