Cirurgias

Frenectomia

A frenectomia é o termo empregado em cirurgia plástica periodontal para designar a eliminação cirúrgica total de um freio.

Os objetivos da frenectomia são a correção ou a eliminação de uma anomalia anatômica presente na gengiva e/ou na mucosa alveolar. Essa técnica pode estar associada ou não a um retalho posicionado lateralmente, ou a um enxerto gengival para recobrir a área de excisão do freio.

Cirurgia Ortognática

A Cirurgia ortognática é uma especialidade da odontologia que se resume em dar formato à face, colocando os dentes na posição correta (com a ortodontia), e reposicionando seus maxilares (com a cirurgia corretiva).

A especialidade é indicada para pacientes com deformidade dento facial, e necessita de um trabalho multidisciplinar.

É de vital importância os dentes estarem devidamente posicionados nas bases ósseas, para que elas sejam reposicionadas.

A desarmonia facial acontece quando seus maxilares e sua face estiverem fora de posição, resultando em problemas na mastigação e com a aparência.

Os ossos mal formados são geralmente causados por desenvolvimento desigual dos maxilares nos anos de crescimento, ou por um acidente que tenha atingido a face. Portanto, a cirurgia ortognática é indicada nos casos em que os pacientes apresentam alguma deformidade dento-facial, ou seja, problemas com a mastigação, ou insatisfação com sua aparência de frente ou de perfil.

Geralmente o pós-operatório é sem dor e com necessidade de repouso absoluto pelo período de dez dias.

Os exercícios físicos são contra-indicados por um mês e a alimentação será líquida e pastosa pelo mesmo período.

Enxertos Ósseos

O uso de enxertos ósseos é um meio eficaz de reparar deformações de perda óssea.

Os enxertos preservam o volume ósseo permitindo posterior colocação de um implante dentário.

Algumas pessoas, quando perdem um dente também sofrem com a atrofia, ou reabsorção óssea. Isso significa que os ossos da região perdem altura e espessura no local. Então, o enxerto ósseo serve para permitir a realização do implante, devolvendo o volume perdido ao osso atrofiado.

Cirurgia e Traumatologia Buco-Maxilo-Facial

Especialidade Odontológica que trata cirurgicamente as doenças da cavidade bucal, face e pescoço, tais como: traumatismos e deformidades faciais (congênitos ou adquiridos), traumas e deformidades dos maxilares e da mandíbula, envolvendo a região compreendida entre o osso hióide e o supercílio de baixo para cima, e do tragus à pirâmide nasal, de trás para diante.

Dentre as doenças existem os tumores benignos e malignos, os cistos dos maxilares, as provocadas por fungos, vírus, e manifestações associadas a doenças sistêmicas como AIDS, tuberculose, sífilis entre outras.

As deformidades faciais são compreendidas desde as sequelas de doenças como o câncer, traumas severos, ou distúrbios do desenvolvimento, como as síndromes ou alterações do desenvolvimento como o prognatismo (aumento dos maxilares), micrognatismo (diminuição dos maxilares), ou a combinação delas.

Agende sua consulta